Botões

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Qualificação profissional e social de jovens agricultores familiares

A Prefeitura de São Francisco de Itabapoana, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura - SMEC, aderiu o programa Projovem Campo – Saberes da Terra, que  tem por objetivo a elevação da escolaridade, a qualificação profissional e social de jovens agricultores familiares, entre 18 e 29 anos, que saibam ler e escrever, mas não tenham concluído o ensino fundamental.

A secretária de Educação e Cultura, Kátia Martins, explicou que as unidades escolares municipais Manoelina de Souza Rodrigues,  situada na localidade de Travessão de Barra e Santo Amaro, que fica na comunidade de Santo Amaro,  ainda estão com turmas abertas.

“Mais uma vez estamos unindo esforços em prol do acesso à educação para todos os sanfranciscanos. Haja vista que esse é mais um programa, entre outros,  que a SMEC oferece aos munícipes”, destacou.

Kátia disse ainda, que, os alunos matriculados que freqüentarem 75% de atividades pedagógicas presenciais receberá auxílio financeiro de R$ 100,00 X 12 períodos. A duração do curso é de dois anos. As aulas começam a partir do dia 23 de fevereiro.
            
O ProJovem Campo – Saberes da Terra tem como finalidade proporcionar formação integral ao jovem, potencializando a ação dos jovens agricultores para o desenvolvimento sustentável e solidário de seus núcleos familiares e suas comunidades por meio de atividades curriculares e pedagógicas, em conformidade com o que estabelecem as Diretrizes Operacionais para Educação Básica nas Escolas do Campo – Resolução CNE/CEB Nº 1 de 03/04/2002.

Fonte: Ascom da Prefeitura de São Francisco de Itabapoana, em 11/2/2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário