Botões

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Diretor da Contee critica conduta da Comissão Eleitoral do Sinpro-Rio

Por Luiz Gambin, coordenador da Secretaria da Saúde do Trabalhador da Contee

Bom dia companheiros e companheiras!

Antes de tudo quero cumprimentar o companheiro Oswaldo Teles (candidato a presidência do Sinpro-Rio na Chapa 2 - Vem Pra Luta) , pela iniciativa de trazer para a direção da Confederação  essa irregularidade que transcorre no processo eleitoral do Sinpro- Rio. Formaliza na instância adequada (executiva da CONTEE) uma situação  de um processo com potencial altamente prejudicial a todos aqueles que se dispõe a construir uma entidade sindical filiada a nossa Confederação.

Enquanto Confederação não podemos nos omitir de posicionamento em defesa da correta e boa disputa sindical, tendo como parâmetros a democracia e o pleno cumprimento de todas as normas que protejam a todos aqueles que se disponham a construir  e fortalecer o sindicato, independente da chapa em que estão inscritos.

Penso que não cabe à confederação assumir posição  frente às chapas (isso cabe a cada diretor a partir de suas convicções dentro do processo), mas cabe sim, em minha opinião, uma manifestação junto à comissão eleitoral para que procedesse em  conformidade com suas atribuições, definidas no estatuto da entidade, a quem a comissão eleitoral deve obrigação de cumprimento.

O João Batista, Coordenador da Secretaria de Assuntos Jurídicos da Contee, já alertou para os riscos que os professores individualmente estão sujeitos, e, além disso, imaginemos as sequelas que restarão desse processo eleitoral, se não forem garantidas as condições previstas no estatuto da entidade.

Com votos de que a democracia e a ética conduzam o comportamento individual e de cada chapa neste pleito.

Saudações sindicais.
Luiz Gambin
Coordenador da Secretaria da Saúde do Trabalhador da Contee.

Nenhum comentário:

Postar um comentário